quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Nada te detém

Mas primeiro tens de entender bem isto: o que vais fazer amanhã não depende das circunstâncias. Estar aqui agora, a ler estas palavras, não depende das circunstâncias. Não interessa se podias ou não podias o que é verdade é que estás aqui por uma escolha própria e não por um conjunto de circunstâncias. Estar a gastar tempo com o que tenho para dizer é para ti uma prioridade. E são as prioridades que te levam ou te afastam do caminho do sucesso. É no que te concentras é que é importante, por isso quem costuma faltar aos meus treinos de grupo não chega muito longe. Porquê? Porque tem as prioridades erradas. Eu comecei a fazer estas correcções na minha vida quando tinha 31 anos e 4 anos depois a meta mágica do milhão de euros tinha-se tornado realidade. E não era assim tão mágica porque era tangível. “Incrível” disse eu, “eu consegui!”. Sabem o que isto faz com a auto-estima de uma pessoa? Sabem quanto orgulho a gente sente, mesmo que seja em segredo? Uma pessoa apercebe-se de que poderia comprar o carro que quiser e, mesmo que não compre, tem esse poder. E isso deixa-a muito satisfeita. É uma experiência incrível o impacto que este tipo de sucesso tem numa pessoa, na sua atitude, e na atitude que mostra às outras pessoas. Um bom nível de vida reflete-se na atitude, como a aitude se reflete no nível de vida! Uma boa conta bancária reflete-se na sua atitude. Os outros dizem “ele sabe perfeitamente bem do que está a falar”. De onde vem este conhecimento? Dos resultados. 

Anotem bem: é importante saber. É muito importante ter a informação certa, o que não sabes prejudica-te! A ignorância não é uma benção. O que não sabes pode pejudicar a tua saúde, os teus rendimentos, a tua família, o teu futuro. Tens portanto de tentar saber o máximo que puderes, sempre, todos os dias. Certifica-te porém que recebes informação correcta. Jim Rohn diz que não há nada pior do que ser ignorante. Não há nada pior que isso. Não ter dinheiro é mau, mas ser ignorante é muito pior. Pior, pior seria ser ignorante e falido ao mesmo tempo. Ou então ser ignorante, estar falido e estar doente. Acho que esta seria a vida mais negativa... a não ser que sejas feio... e estejas velho... e gordo. Talvez este fosse o protótipo da vida negativa. Mas se reparares, 90% das pessoas à tua volta encaminham-se para essa situação. Tu estás a ter uma oportunidade de reparar nisto e estás a tempo de fazer algo para mudar o teu futuro.

Ter uma mentalidade saudável é importante. A mente, obviamente não pode mudar. Mas a mente é como a terra, não pode mudar, os frutos... esses sim, dependem somente daquilo que plantas e do cuidado que tens com a tua sementeira. As sementes podem mudar, assim como as ideias. A mente não pode mudar, ela é basicamente igual para toda a gente, mas a mentalidade sim, dependendo do tipo de sementes que semeamos ou que deixamos semear na nossa mente. 

O que é que a mente produz? Já o dissemos: a mente é como uma fábrica que recebe informação que é a matéria prima. A mente transforma-a então em ideias e pensamentos. Tens de ter a certeza de que a matéria prima que colocas nesta fábrica é da melhor qualidade para produzires ideias e pensamentos da melhor qualidade e que te orientem para tomares decisões melhores, para teres uma vida da melhor qualidade.


Rui Gabriel

_______________________________

www.omeunegocio.com/candidatura

1 comentário:

André Alfredo disse...

Rui, me desculpe, seu post além de preconceituoso nao tem muita informação. espero que aproveite muito seus Euros... Não fique pobre, nem gordo, nem feio, nem velho, nunca. abraço.
andrepluiz@yahoo.com.br